Dicas de educação financeira para manter as contas em dia

0
151
inadimplencia

Especialista em finanças indica aplicativos para controlar os gastos e evitar o estresse financeiro, que afeta também a saúde

A educação financeira tem papel im­portante na vida das pessoas, uma vez que ela ensina a economizar, a poupar e a investir. “Aprender a lidar com o dinheiro é ter as rédeas da própria vida financeira nas mãos, mesmo que haja um profissional do ramo ajudando a lidar com elas”, explica Thiago Silva, profissional que atua no mercado financeiro do Brasil e exte­rior há mais de 10 anos e fundador da Ma­way Global Investments.

No Brasil, não é comum ter a educação financeira como dis­ciplina no currículo escolar e, assim, quem deseja obter conhecimentos nessa área deve buscá-lo. “Não importa a idade da pessoa, se apropriar desta ferramenta pode proporcio­nar uma melhoria na qualidade de vida, não apenas no setor financeiro”, alerta Thiago. “Uma pessoa que desenvolve suas habilida­des financeiras acaba mudando hábitos e comportamentos, torna-se mais poderosa, inclusive para lidar com imprevistos que exigem recursos monetários imediatamen­te e aprende a fazer o dinheiro trabalhar em seu favor”, completa o profissional.

Por outro lado, o desequilíbrio nas finanças tem impactos negativos e compromete a vida pessoal, profissional e familiar. “Autoestima abalada, nervosismo, perda de confiança, desânimo, queda na produtividade e insônia são alguns dos impactos gerados por problemas que en­volvem dinheiro, podendo levar o indiví­duo ao chamado estresse financeiro”, re­lata o profissional. Para ajudar nesse con­trole, o especialista em finanças orienta colocar tudo numa planilha, inclusive os gastos que parecem simples, como a com­pra de um cafezinho. E como a tecnologia dá uma boa ajuda nisso, Thiago indica al­guns aplicativos fáceis de serem usados, para quem deseja começar já.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here