Mercado imobiliário paulista volta a crescer

0
79

Redução nos juros de financiamentos, reaquecimento da economia e preços estáveis contribuíram para o aumento da venda de imóveis na capital

O presidente do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), Flavio Amary, apresentou este mês os resultados das vendas no primeiro semestre do ano, que são melhores do que o mesmo período do ano passado. Segundo Amary, no período de seis meses, foram comercializadas 12.001 unidades residenciais na cidade de São Paulo, 52,1% acima do registrado no primeiro semestre de 2017, quando as vendas totalizaram 7.888 unidades.

O resultado deste ano foi o melhor também desde o início da crise econômica do
país, iniciada em 2013, mas esse bom desempenho do mercado imobiliário foi maior
na quantidade de vendas do que de lançamentos e, segundo o Secovi-SP, a Zona Norte foi responsável por 20% dessas vendas.

Para Amary, tendo em vista o comportamento do mercado no primeiro semestre do ano e a sondagem feita junto a incorporadoras da capital, a expectativa para o restante do ano é de crescimento entre 10% e 17% nas vendas.

Além do reaquecimento da economia, outras vantagens ajudaram no aumento das
comercializações, como a redução dos juros de financiamentos pela maioria dos bancos
e os preços dos imóveis que permaneceram estáveis. Portanto, para quem deseja comprar a casa própria, sair do aluguel, mudar para uma moradia melhor, ou investir em
imóveis, esse é um bom momento para fechar negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here