Desvendando a Rússia, o país sede da Copa do Mundo FIFA 2018

0
897

Começa hoje a Copa do Mundo FIFA 2018 e todas as atenções estarão voltadas para a Rússia. Conheça algumas curiosidades – além do clima gelado – sobre o local que está recebendo o maior campeonato mundial de futebol 

Olhando para o Mapa Mundi logo se vê que a Rússia é o maior país do mundo: são 17 milhões de km², quase um planeta, já que ganha de Plutão, que possui 16,6 milhões. Por conta disso, ela tem também a maior rota de trem do mundo, a Rota Transiberiana, com 9.289 km de extensão, ligando o extremo oriente russo à Mongólia, China e ao Mar do Japão.

Mas, não é só a grandeza da Rússia que é destaque. O país é conhecido por suas baixíssimas temperaturas, que chegam a -50 ºC no inverno, no norte do país e até – 60ºC na Sibéria, região mais fria e que representa 77 % da Rússia. Durante a Copa, o país estará no seu verão, mas não espere muito disso, já que as temperaturas chegam, no máximo, até 25º C. E de acordo com as estatísticas, nem isso deve acontecer. Quem pretende acompanhar os três primeiros jogos do Brasil, que serão no sul do país, deve ir preparado. Nas três cidades em que a seleção jogará na primeira fase – Rostov, São Petersburgo e Moscou – a temperatura média anual não passa de 18º C nessa época.

E é por causa de todo esse frio que surgiram por lá as famosas montanhas-russas, amadas no mundo todo. Tudo começou por causa dos passeios de trenós no inverno que desciam montes de gelo de 20 a 24 metros de altura, com quedas de 50º. Com tamanha popularidade, logo empreendedores copiaram a ideia e fizeram carros com rodas construídos em trilhas. Mas, apesar de todos conhecerem o brinquedo hoje como montanha-russa, seu nome me russo é “американские горки” e significa “montanha americana”.

Outro dado sobre a Rússia, dessa vez não tão legal, é que ela tem o segundo maior arsenal nuclear, perdendo apenas para os Estados Unidos. E apesar de a vodka ser a bebida mais famosa por lá, os russos são os maiores produtores de cevada, trigo sarraceno, aveia, semente de girassol e centeio. A comunicação por lá também não é muito fácil. Eles usam o alfabeto cirílico que tem desenhos diferentes dos convencionais e forma sons divertidos. Ah, e os russos tem muita personalidade e usam sua própria rede social, a VKontakte, uma espécie de Orkut, que é mais popular do que Face-book e Twitter.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here