Gabriel Jesus: do Jardim Peri, na Zona Norte, para o mundo

2
448

Com talento e humildade ele tem tudo para ser a estrela dessa Copa do Mundo. Conheça a história desse menino que vale ouro

Há quatros anos, Gabriel Jesus estava pintando de verde e amarelo a rua onde morava no Jardim Peri, Zona Norte de São Paulo, preparado para assistir a Copa do Mundo daquele ano, realizada aqui no Brasil. Não imaginava que quatro anos depois, ele seria uma das estrelas jogando em campo e defendendo a camisa verde e amarela.

Na época, com apenas 17 anos, ele jogava no sub-17 do Palmeiras. Em 2016, consagrado com a camisa do time paulista, Gabriel foi contratado pelo Manchester City – onde já acumula o titulo de campeão inglês. Em 2018 é motivo de orgulho dos moradores da Zona Norte ao ter seu nome na lista dos convocados pelo técnico Tite para disputar a Copa do Mundo.

Foto: Lucas Figueiredo CBF

De uma residência simples no Jardim Peri, sua família fez as malas e embarcou para a Inglaterra. Sua mãe, aliás, ficou famosa por acompanhar de perto a carreira do filho, ainda menino, que onde estivesse tinha que ligar para dar notícias à Dona Vera Lúcia. Mas, mesmo tão distante, o bairro da periferia onde Gabriel cresceu e aprendeu a jogar bola mora para sempre em seu coração e em sua pele. O craque tem uma tatuagem em homenagem ao Jardim Peri em que escreveu: “Posso até sair do Peri, mas o Peri nunca sairá de mim”.

E a comunidade retribuiu o carinho com o camisa 9 da seleção pintando seu rosto e um painel gigante no bairro. Gabriel Jesus: do Jardim Peri para o mundo. Aliás, não só o bairro, mas o povo brasileiro. Gabriel Jesus, no auge de seus 21 anos, com muita disposição, humildade e talento futebolístico tem tudo para ser a grande estrela dessa Copa do Mundo.

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here