Aproveite as festas e sua gastronomia

0
32
Foto: Freepik

É possível comer os deliciosos pratos natalinos sem culpa? Nutricionista reflete sobre as restrições alimentares em épocas de confraternizações, como o Natal

O final do ano é um período marcado por muitas celebrações e, praticamente todas as festas, seja da empresa em que trabalha, um happy hour com os amigos ou o Natal com a família, são regadas à muita comida. Mas, fique calmo. É possível ser feliz e comer sem culpa! “Muitos pacientes nos procuram nesta época preocupados se irão engordar, se as comidas são muito calóricas… É o chamado drama dietético do fim de ano que não deveria existir mais existe”, conta a nutricionista Karina Cardeal.

O fato é que festas com comidas existem o ano todo. Agora é natal, ano que vem tem carnaval, depois páscoa, dia das mães, dos pais, aniversários de amigos, familiares… e novamente chega o fim do ano. Ou seja: cada vez haverá um motivo diferente para criar esse dilema.

De acordo com Karina, fazer dietas e restrições pode levar a compulsões ou algum transtorno alimentar, porque comer não é somente uma necessidade fisiológica, é um prazer. “Comer preocupado com calorias e pensando se irá engordar, sem saborear a comida, não necessariamente te faz comer melhor. Quando comemos com prazer, com atenção, comemos menos e aproveitamos mais. Não seria mais inteligente aprender a lidar com as datas comemorativas que sempre existirão? ”, questiona Karina, lembrando que esse conselho não serve para pessoas que tem alguma condição de saúde especial e precisam seguir as orientações do seu médico ou nutricionista.

O segredo é se alimentar de forma consciente e deixar de lado o radicalismo. “Não chegue à mesa cheio de proibições e medos. Existe alguém cozinhando tudo aquilo com muito afeto e carinho. Mas, além disso, aproveite o momento ao lado de quem você gosta. Tente encontrar outras formas de prazer que não seja só em volta de uma mesa farta. O Natal é muito mais do que isso”, reflete.

Uma dica é se lembrar de que não será a última vez na vida que você terá a oportunidade de saborear esses alimentos, assim, coma o suficiente para se satisfazer e não para se ‘despedir’ da comida. “Mas, quem se sentir um pouco mais estufado nos dias seguintes, porque exagerou, basta voltar a comer normalmente nos próximos dias. Se você estiver conectado com seu corpo, vai perceber ele pedindo mais água, frutas e vegetais nesse pós-festas”, orienta a nutricionista, que relembra: “Procure repensar sua relação com a comida e se alimentar bem, de maneira saudável, durante todo o ano, com alimentos frescos e comida caseira. E aprenda a lidar de uma forma natural com essas ocasiões especiais. Seja flexível e divirta-se”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here