Fábricas de Cultura promovem “Encontro Estéticas das Periferias edição 2018” neste sábado

0
230
Camila Benedicto/ Foto Josué Lima

O evento, que acontece nas unidades do Capão Redondo, na Zona Sul e do Jaçanã, na Zona Norte, terá circo, shows, contação de histórias, discotecagem, baile e sarau. E tudo gratuito. Confira a programação

Que tal ter uma tarde de sábado cheia de música, dança, teatro, literatura e circo? As Fábricas de Cultura Capão Redondo e Jaçanã – que são gerenciadas pela Poiesis – realizam no dia 2 de setembro, junto com o Cantinho Integrado de Todas as Artes (CITA), o Encontro Estéticas das Periferias edição 2018.

Na zona Sul da cidade, as atividades acontecem das 14h às 19h, em um caminhão-palco localizado na Avenida Carlos Caldeira Filho. Já na zona Norte, acontecerá um show das 16h às 17h, na própria Fábrica de Cultura Jaçanã. Toda programação é gratuita e aberta ao público; basta chegar e participar!

Programação completa

Encontro Estéticas das Periferias edição 2018
Data:
Sábado, 02/09

Fábrica de Cultura Jaçanã
Os moradores da Zona Norte poderão curtir o show da cantora Camila Benedicto, que se apresentará das 16h às 17h. Conhecida por ter a voz doce e forte, a sambista gravou sua primeira música, É só pagar para ver, em 2014. Aos 28 anos, a paulistana já fez participação em shows de artistas renomados como Leci Brandão, Carica (ex-Sensação) e Serginho Meriti.
Endereço: Entrada 1: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 / Entrada 2: Rua Albuquerque de Almeida, 360
Telefone: (11) 2249-8010

Fábrica de Cultura Capão Redondo
A atividade As desaventuras de uma sopa Zé Lequinesca abrirá a programação do local, às 14h. Trata-se de uma contação de história inspirada no livro Sopa de pedra, de Pedro Malasartes. Zé Lequino, um jovem muito astuto, entra numa aposta com seus amigos, e daí em diante muitas aventuras os esperam. O Bando Trapos narrará a história com ajuda de músicas e máscaras.
Logo após, será a vez da Discotecagem do DJ PorcS, com o Coletivo Eu Soul Samba Rock, que fará uma seleção de clássicos da cultura negra. Às 15h, começa o Sarau do Capão, que reunirá poesia, dança e música, para debater questões de gênero, raça e classe. Os encontros, que nasceram em janeiro de 2017, acontecem mensalmente e são voltados para a periferia.
Após a segunda rodada da Discotecagem do DJ PorcS, será a vez da Troupe dos Clowns Anônimos, iniciativa da Cia de Artes Decálogo – JALC, apresentar seu número A mosca anônima, às 17h. Os palhaços Pi, Pamasoc e Julião entram num ônibus lotado e algo absurdo acontece: uma mosca começa a voar em cima deles e dos demais passageiros, causando uma imensa confusão. Quem vencerá esta saga? A mosca ou o atrapalhado trio? Logo após, às 17h30, começará o Bailinho Nostalgia, também com o Coletivo Eu Soul Samba Rock. A proposta é unir um público de diferentes gerações, para relembrar os grandes bailes black presentes nas periferias de São Paulo, desde a década de 1960.

Endereço: Rua Bacia de São Francisco, s/n
Telefone: (11) 5822-5240

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here