Projeto “O Choro é Livre!” leva shows e oficinas de chorinho para o Sesc Santana

2
1159
Zé Barbeiro e Dinho Nogueira / Foto: Reprodução YouTube

Diversas faces do famoso chorinho brasileiro serão apresentadas na unidade da Zona Norte com a presença de músicos consagrados 

O Projeto “O Choro é Livre!”, será realizado no mês de janeiro no Sesc Santana e já começa trazendo a atividade Oficina do Choro, no sábado, 5 de janeiro, das 19h às 20h. Os consagrados violinistas do choro paulista, Zé Barbeiro e Dinho Nogueira, apresentam em duas partes a história da formação da principal vertente musical brasileira , o Choro. Neste primeiro momento, a dupla de violonistas, acompanhados por Fabrício Rosil no cavaco, e Rafael Toledo no pandeiro, contam e tocam como o gênero surgiu e se desenvolveu, desde seu início em meados do século XIX, no Rio de Janeiro, até a era Pixinguinha, apresentando os principais compositores, ritmos, formações e peculiaridades, mesclando música com sociologia e história.

O choro é popularmente chamado de chorinho, um gênero de música popular e instrumental brasileira. Pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira, e ao longo dos anos se transformou em um dos gêneros mais prestigiados da música popular nacional, reconhecido em excelência e requinte. Tem como origens estilísticas o lundu, ritmo de inspiração africana à base de percussão, com gêneros europeus. A composição instrumental dos primeiros grupos de choro era baseada na trinca: flauta, violão e cavaquinho – a esse núcleo inicial do choro também se chamava pau e corda, por serem de ébano as flautas usadas -, mas com o desenvolvimento do gênero, outros instrumentos de corda e sopro foram incorporados.

Confira a programação completa:

O Choro é Livre!
Local: Sesc Santana
End.: Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Jd. São Paulo
Capacidade: 60 lugares.
Ingressos: Grátis. Sem retirada de ingressos.

Data: 05/01/2019, sábado
Hora: 19h
Oficina do Choro: Zé Barbeiro e Dinho Nogueira, apresentam em duas partes a história da formação da principal vertente musical brasileira, o Choro, acompanhados de Fabrício Rosil no cavaco e Rafael Toledo no pandeiro.

Data: 12/01/2019, sábado
Hora: 19h
Ó do Borogodó: show do grupo composto por Gian Correa (violão), Ildo Silva (cavaquinho), Alexandre Ribeiro (clarinete) e Roberta Valente (pandeiro), formado no bar de samba e choro da Vila Madalena de mesmo nome.

Data: 19/01/2019, sábado
Hora: 19h
Água de Vintém: O grupo apresenta canções de seus sete anos de carreira e composições inéditas que estarão presentes no próximo álbum, a ser lançado em 2019. Com Vitor Casagrande (bandolim e violão tenor), Xeina Barros (pandeiro), Charles Barreto (cavaquinho), Marcus Godoy (violão) e Guilherme Girardi (violão de 7 cordas).

Data: 25/01/2019, sexta
Hora: 14h
Menina Francisca: Acompanhado de uma pianista e uma flautista, Cristiano apresenta ao público choros presentes no repertório de Chiquinha Gonzaga, incluindo alguns ainda inéditos, como “Fiandeira”.

Data: 26/01/2019, sábado
Hora: 19h
Izaías e seus Chorões: O grupo, surgido em 1974, em reuniões informais entre amigos, amantes e estudiosos do choro tem a finalidade de divulgar este gênero no seu modo mais puro, como fora concebido há mais de cem anos, procurando dessa forma conservar suas raízes.

Acesso para deficientes – estacionamento – ar condicionado.
Estacionamento – R$12,00 a primeira hora e R$ 3,00 a hora adicional – desconto para credenciados.
Mais informações: 0800-118220 ou acesse www.sescsp.org.br

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here