Pirituba terá nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas

0
1784
Foto: Divulgação SECOM

Localizada no complexo do Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria, a UPA já está com 89% das obras concluídas e terá capacidade para atender 16 mil pacientes por mês, não somente de Pirituba, como de bairros vizinhos como Perus, Freguesia do Ó e Brasilândia. 

Os moradores da Zona Norte, em breve, poderão contar com mais um posto de atendimento à saúde na região de Pirituba. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba está sendo construída no complexo médico do Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria. Quando inaugurada, a nova unidade irá oferecer serviços de urgência 24 horas nos sete dias da semana. A unidade vai substituir a Assistência Médica Ambulatorial AMA que funciona no local e também qualificar o atendimento do Pronto-Socorro, absorvendo parte de sua demanda.

O prefeito Bruno Covas e o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, visitaram na última quarta-feira, 20, as obras do equipamento público que conta com R$ 7,4 milhões de investimentos da Prefeitura. A UPA está sendo implantada em um terreno de 4.400 m² e, quando concluída, terá 1.778 m² de área construída. Já foram executados 89% dos trabalhos, de acordo com a Secretaria Especial de Comunicação da Prefeitura. “Essa aqui é mais uma obra que estava parada quando assumimos a gestão. No total, são seis UPAs que iremos entregar na cidade para desafogar os equipamentos existentes e melhorar o atendimento à população”, disse Bruno Covas.

Foto; Divulgação SECOM
Foto: Divulgação SECOM

A estrutura física da UPA é composta por duas salas de acolhimento e classificação de risco, sala de inalação com 17 poltronas, duas salas de medicação com 13 cadeiras cada, posto de coleta, sala de eletrocardiograma, gesso, sutura e RX convencional, além de três consultórios de pediatria, outros três de Clínica Médica, consultórios de ortopedia e odontológico. A unidade conta, ainda, com sala de expurgo, de emergência com seis leitos, duas de observação adulto com nove leitos cada e uma de observação infantil com sete leitos. Também fazem parte do complexo duas áreas de isolamentos, recepção infantil e adulto, farmácia e sala de Serviço Social, além das áreas administrativas.

A capacidade de atendimento prevista é de cerca de 16 mil pacientes por mês em uma área que abrange a população residente na Supervisão Técnica de Saúde de Pirituba, além de moradores de bairros vizinhos como Perus, Freguesia do Ó e Brasilândia.

Prefeito Bruno Covas visitou as obras da UPA na quarta-feira, 20 de fevereiro. Foto: Divulgação SECOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here